Sisal: Ação de assistência técnica e extensão rural é realizada em comunidade rural de Retirolândia

A Oficina de Repasse sobre Ferramentas Metodológicas para as Atividades de Caracterização dos Agroecossistemas foi realizada, essa semana), em uma das propriedades de agricultores familiares da comunidade de Queimadas da Pedra, no município de Retirolândia.

Essa é uma das atividades previstas em complemento ao diagnóstico da Unidade de Produção Familiar (UPF) e tem como objetivo observar os aspectos da Convivência no Semiárido e da Agroecologia como o da cultura do estoque, subsistemas existentes, práticas e técnicas adotadas pela família, relação social de gênero, divisão do trabalho e o acesso às políticas públicas. A iniciativa é executada por meio de ferramentas metodológicas, tais como travessia e mapa da propriedade, linha do tempo, fluxo de entrada e saída, que distingue produtos e insumos.

A ação integra o cronograma de atividades do serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater), prestado pelo Governo do Estado, por meio da Chamada Pública do ATER Agroecologia, coordenada pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), e executada em comunidades rurais dos Territórios de Identidade Bacia do Jacuípe e Sisal, por meio de contrato, pela equipe técnica do projeto de Assessoria Técnica e Extensão Rural (ATER) Agroecologia do Movimento de Organização Comunitária (MOC).

“Essa data vai ficar marcada. Tivemos a oportunidade de aprender um pouco mais, tirar nossas dúvidas e aprender a diferenciar os produtos dos insumos, que não tínhamos conhecimento. Ficamos muito satisfeitos”, ressaltou o agricultor Magno Souza, que junto com a família, recebeu a equipe do projeto em sua propriedade, para a realização da caracterização da unidade de produção familiar (UPF).


Nesse momento de abordagem, surgiram elementos da sustentabilidade da propriedade, a exemplo da utilização de recursos internos e com pouca influência dos recursos externos. Durante a atividade, foi definido o plano de ações de intervenção como instrumentos de concretização dos desejos e projetos dos beneficiários, aspecto fundamental na caracterização da UPF. Outro aspecto importante abordado foi o papel das mulheres no âmbito do trabalho, tanto produtivo como reprodutivo.

Por meio da atividade de assessoria técnica, de caracterização, é possível, de forma sistemática, realizar uma análise mais criteriosa dos agroecossistemas existentes nas UPFs.

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

Galeria de Fotos

RÁDIO


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/serrinhanoticias/www/cms/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/serrinhanoticias/www/cms/wp-includes/functions.php on line 3783